O estigma do débito e crédito da nossa conta bancária

Sempre que lemos nosso extrato bancário vemos as operações de débito e crédito que seguem nossas ações. Então é automático o relacionamento das ações com as respectivas operações.

Quando fazemos um saque no terminal de autoatendimento, a informação que consta no extrato é um débito no valor do saque. Quando realizamos um depósito aparece a operação de crédito na conta corrente.

No entanto estamos frente à confusão que estes termos nos causam quando estudamos a contabilidade.

Conforme comentamos em um post anterior cada conta possui um tipo e estes tipos possuem naturezas crédito ou débito. É surpreendente para a percepção comum que a conta de ativos tem natureza débito na qual as operações de débito é que fazem os valores crescerem. Mas não é isso que vejo no meu extrato bancário!

Nossa conta corrente é uma conta de passivo para o banco. Quando realizamos um depósito, o banco absorve esta quantia a registra o equivalente em crédito na conta contábil referente à nossa conta corrente.

Portanto, podemos considerar que a nossa conta corrente é operada a partir do ponto de vista da instituição e não no ponto de vista do cliente.

Abraços.

Anúncios

Sobre Andre Mateus
Sou profissional da área de tecnologia e engenharia. Gosto de assuntos que contribuam para a compreensão dos ambientes que vivemos.

7 Responses to O estigma do débito e crédito da nossa conta bancária

  1. Ana Maria Demarch says:

    Oi Andre, tenho uma duvida:
    Uso o gnucash desde 2009.
    O arquivo está pesado, pois eu nao seise parar os periodos (Ano Fiscal)
    Gostaria de começar um novo arquivo com o ANO 2012.
    Como faço?
    Nao encontrei isso em seus posts anteriores.
    obrigada

    • Andre Mateus says:

      Prezada Ana Maria,
      É uma grande satisfação saber que alguém trabalha a tanto tempo com o GNUCASH, pois mostra na prática a grande robustez do sistema.
      Respondendo à tua pergunta: para fechar o ano fiscal, basta você executar o comando Fechar Balanço encontrado no menu Ferramentas. Este comando permite que a conta Saldos Iniciais do Patrimônio Líquido seja atualizada com o resultado de fechamento das demais contas. No entanto, os lançamentos antigos irão permanecer e o arquivo que é pesado continuará assim. Então, minha sugestão é tomar os valores atualizados da conta de saldo inicial e criar um novo arquivo.
      Espero ter ajudado. Grande abraço.

  2. André, já agora… não costuma fechar as contas todos os meses? Uma das dificuldades que encontro no GNU Cash é tentar saber quanto gastei este mês naquela conta (interessa-me saber numa perspectiva mensal e não anual)… devo fechar balanços mensais?

    • Andre Mateus says:

      João,
      Não precisa fechar o balanço para ter esta informação. Basta você extrair o relatório de Fluxo de Caixa com o período que quer analisar.
      Mais informações de como acessar este relatório podem ser encontradas no artigo .
      Abraços.

  3. Rodrigo Batista says:

    Fala meu querido, aqui estamos, em pleno 2017.
    Ainda está na ativa, esta é minha dúvida, haha.
    Um forte abraço e excelente blog, um dos poucos (se não único) que encontrei em portugues, sobre o Gnucash. Ótimo programa, e com suas explicações ficou melhor ainda. Abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: