GNUCASH – Contas – Apresentação em vídeo

Neste vídeo é mostrado como criar um novo plano de contas.

Até o próximo.

Conceitos Básicos da Contabilidade – Outro ponto de vista

O conteúdo deste artigo irá tratar dos seguintes assuntos:

  • Contabilidade com Partidas dobradas
  • Contas de balanço e contas de lucros e perdas
  • Exemplo em vendas e distribuição

Contabilidade com partidas dobradas

O principio básico das partidas dobradas na contabilidade significa que toda transação de negócio é lançada em pelo menos duas contas diferentes (e portanto lançada duas vezes). No caso mais simples apenas duas contas são afetadas.

  • Cada transação é lançada em, pelo menos, duas contas distintas.
  • Lançamentos no débito aparecem sempre à esquerda em um balanço.
  • Lançamentos em credito aparecem sempre à direita em um balanço.
  • Total de lançamentos em débito = total de lançamentos em crédito.

Partidas dobradas na contabilidade

É importante a lembrar neste contexto é ‘Débito à Crédito’.

Isto significa que você deve lançar uma transação no lado de débito de uma conta e necessariamente no lado de crédito de outra.

Princípio básico: o total de débitos lançados é sempre o mesmo que total de créditos lançados, desconsiderando o número de contas afetadas.

Contas de balanço e contas de lucros e perdas

Transações de negócio são lançadas em contas contábeis.

Conforme pudemos observar no artigo das ‘Naturezas de cada um dos tipos de conta‘, no sistema contábil de partidas dobradas é possível separar as contas em diferentes tipos básicos de contas, os quais são divididos em dois tipos de contas:

  • Contas da planilha de balanço (contas de propriedade e contas de capitais e clientes) para as quais estoques e cobranças sobre estes estoques são lançadas.
  • Contas de lucros e perdas (contas de despesas e custos e contas de receitas e vendas), para as quais transações que afetam o patrimônio líquido são lançadas.

A seguinte equação básica é aplicada na estrutura de todas as contas:

Saldo inicial + entradas – saídas = fechamento do balanço

No entanto, nas contas básicas acima são diferentes os lados de lançamento de saldo inicial, entradas, saídas e fechamento de balanço.

Contas de balanço

Contas de Lucros e Perdas

Contas de propriedade (Ativo) Contas de capital e cliente (Passivo) Contas de rendimentos (Receitas) Contas de despesas (Despesas)
  • Créditos são lançados no lado débito
  • Débitos são lançados no lado crédito
  • Créditos são lançados no lado crédito
  • Débitos são lançados no lado débito
  • Créditos são lançados no lado crédito
  • Débitos são lançados no lado débito
  • Créditos são lançados no lado débito
  • Débitos são lançados no lado crédito
Exemplos: Ações, fundos líquidos, instituto bancário, contas a receber. Exemplos: contas a pagar. Exemplo: receita de vendas. Exemplo: custo de materiais, diferença de preço.

Exemplo em vendas e distribuição

Ordem do cliente – condições negociadas na venda: 20 unidades a $15 por unidade

Saída de mercadoria: 20 unidades entregues, preço de custo $10 por unidade

Fatura: 20 unidades a $15 por unidade

Entrada em caixa: $300

Saída de mercadoria
Conta Débito Crédito
Despesa:Estoque Produto Acabado:Utilização do material

200

Ativo:Estoque

200

Fatura
Conta Débito Crédito
Ativo:Contas a receber:Cliente comprador

300

Receita:Venda de item a consumidor

300

Entrada em caixa
Conta Débito Crédito
Ativo:Contas a receber:Cliente comprador

300

Ativo:Ativos Atuais:Conta bancária

300

No exemplo de transações em negócio de vendas e distribuição, um documento contábil é criado no momento na criação da fatura da saída de mercadoria.

No ponto de saída de mercadoria, os materiais deixam fisicamente o armazém. Estes resultados são lançados em contas relacionadas a estoque e a valores. Isto significa que o estoque é reduzido e o uso de materiais é aumentado. O lançamento é, portanto, chamado de “Uso de materiais à estoque”.

No ponto de cobrança, recebíveis são acumulados pelo cliente (na sua respectiva conta contábil) e os aumentos são lançados na conta de receita de vendas. O lançamento é chamado “recebíveis à receita de vendas”.

Se o pagamento é efetuado, o valor da conta de contas a receber é reduzido novamente e o montante entrando é lançado em uma conta de banco. O lançamento é chamado de “banco à recebíveis”.

Lançamento de taxas e tributos foram ignorados com o propósito de simplificar o exemplo.

GNUCASH – Múltiplas Moedas (5 de 5)

Juntando tudo

Finalmente chegamos no último artigo que trata diretamente deste tema.

Neste exercício que juntamos todos os conceitos usaremos um pouco do que aprendemos nos artigos passados com um pouco de mudanças, as de serem várias moedas diferentes.

Cenário básico

Os cenários básicos são os seguintes:

  • Você vive no Brasil e utiliza o Real (BRL) como moeda padrão.
  • Você acerta na loteria e também herda algum dinheiro.
  • Você paga o financiamento existente de uma casa.
  • Você compra algumas ações (Ericsson B-Fria) na Suécia usando Coroas Suecas (SEK).
  • Você compra algumas ações do Aeroporto de Pequim usando a moeda HKD (dólar de Hong Kong)
  • Você compra algumas ações da Amazon nos Estados Unidos usando o dólar americano (USD).
  • Você cede empréstimo em Euro para um amigo (o Pedro).
  • Você obtém crédito emprestando dinheiro em um banco japonês.
  • Você compra uma casa na Nova Zelândia.
  • Você usa cartão de crédito no Brasil.
  • Você gostaria de ter um controle mínimo de suas despesas.

Nota: estes exemplos não são intencionados em ser uma advertência ou sugestão verídica ou de qualquer exatidão. São apenas considerados como exemplo para as técnicas usadas no GNUCASH e não como Sugestão de Investimentos. Por favor, consulte um consultor financeiro para mais informações a respeito de empréstimos e investimentos internacionais.

Configuração das contas

Desta vez vamos começar com um plano de contas novo, então acesse Arquivo > Novo Arquivo. No assistente de Configuração de Nova Hierarquia de Contas clique em Cancelar. Clique em Ver > Nova Página de Contas.

Crie a seguinte estrutura de contas:

  • Ativos
    • Ativos Atuais
      • Conta Poupança

Saldos iniciais

Você abre as suas correspondências em uma manhã e tem uma enorme surpresa descobrindo que você é o último parente vivo de um parente distante e que passou a ser muito rico. Você está $500.000 (BRL) mais rico. E esta não é última notícia, outra correspondência afirma que você ganhou na loteria e obteve mais $250.000 (BRL).

Para registrar estas transações, precisamos das seguintes contas (ambas em moeda padrão BRL):

Patrimônio Líquido:Loteria

Patrimônio Líquido:Herança

As transações lançadas para a conta Ativos:Ativos Atuais:Conta Poupança devem se parecer como estas:

Conta Débito Crédito
Patrimônio Líquido:Loteria 250.000
Patrimônio Líquido:Herança
500.000

O plano de contas se parecerá como este depois das transações acima serem lançadas

Plano de contas depois do recebimento do dinheiro

Compra de uma casa

A realidade agora é que você tem recursos para pagar o empréstimo realizado a alguns anos atrás para a compra da casa (com um depósito de $50.000).

Ativos:Ativos Imobilizados:Casa    $300.000

Passivo:Empréstimos:Financiamento    $250.000

Despesas:Juros:Juros Financiamento    

Patrimônio Líquido:Saldos Iniciais    $50.000

Depois de ter tido uma conversa com o gerente do seu banco de financiamento, ele concordou em deixar você pagar tudo de uma só vez, além de algum juros ($30.000). Você deve lançar a seguinte transação dividida para a conta Ativos:Ativos Imobilizados:Casa.

Conta Débito Crédito
Ativos:Ativos Atuais:Conta Poupança 280.000
Despesas:Juros:Juros Financiamento 30.000
Passivo:Empréstimos:Financiamento 250.000

A transação da conta Passivo:Empréstimos:Financiamento deve se parecer como a imagem a seguir depois de realizado o lançamento.

Transações no livro-caixa do empréstimo da casa.

Compra de ações

Desde que você de repente tem um monte de dinheiro em sua conta bancária você decide visitar um Consultor Financeiro, e depois da recomendação dele (lembre-se, é fictício – Não é um conselho genuíno de compra de ações) você decide investir em Telecomunicações (Ericsson na Suécia), Aeroporto de Pequim (Hong Kong), e Amazon (EUA).

As contas necessárias para rastrear estes investimentos se parecem com:

Ativos:Investimentos:Corretor Sueco:ERIC.ST    (Ação ERIC.ST Yahoo)

Ativos:Investimentos:Corretor Sueco:Banco    (SEK)

Ativos:Investimentos:Corretor HK:0694.HK    (ação 0694.HK Yahoo)

Ativos:Investimentos:Corretor HK:Banco    (HKD)

Ativos:Investimentos:Corretor US:AMZN    (Ação AMZN Nasdaq)

Ativos:Investimentos:Corretor US:Banco    (USD)

Despesas:Investimentos:Comissões:Corretor Sueco:ERIC.ST    (SEK)

Despesas:Investimentos:Comissões:Corretor HK:0694.HK    (HKD)

Despesas:Investimentos:Comissões:Corretor US:AMZN        (USD)

Despesas:Investimentos:Operação de Câmbio        (BRL)

Você decide investir $100.000 em cada ação e para fazer isto é necessário primeiro fazer uma operação de câmbio para as várias contas de banco relacionadas às ações.

A transação lançada a partir da conta Ativos:Ativos Atuais:Conta Poupança deve ser parecer com:

Conta Crédito Débito Taxa de Câmbio Despesas sobre operação de câmbio
Ativos:Investimentos:Corretor Sueco:Banco 100.000 3,23 35
Ativos:Investimentos:Corretor HK:Banco 100.000 4,00 30
Ativos:Investimentos:Corretor US:Banco 100.000 0,5 25

1 coroa sueca = 0,31 reais (1 real = 3,23 coroas suecas)

1 dólar de Hong Kong = 0,25 reais (1 real = 4 dólares de Hong Kong)

1 dólar americano = 2,00 reais (1 real = 0,5 dólar americano)

Janela da transferência de valores para as contas no exterior.

Conforme se pode ver na janela do plano de contas foram compradas ações em três diferentes moedas (HKD, USD e SEK), mas o plano de contas não indica o quanto deste valor está na moeda padrão (BRL).

Algumas das contas do plano de contas depois da aquisição das ações.

Emprestando dinheiro para um amigo

Pedro passa por algumas dificuldades durante o desafio dos negócios na Europa. Como ele é um amigo muito querido seu você decide ajudá-lo com um empréstimo pessoal de 40.000 euros.

Ativos:Dinheiro devido a mim:Euro:Peter (EUR)

Renda:Receita de Juros:Peter     (EUR)

Despesas:Taxas bancárias     (BRL)

Essa é uma transação simples entre moeda de sua conta poupança (BRL) para a conta Ativos:Dinheiro devido a mim:Peter (EUR). Você tem a taxa de câmbio de 0.43, o que significa que você precisa retirar BRL 92.000, bem como pagar a taxa de serviço de 35 BRL.

Comprando uma propriedade na Nova Zelândia com um empréstimo no Japão

O seu amigo japonês de longa data lhe oferece um empréstimo japonês para compra de casa, se você comprar uma propriedade no exterior, por apenas BRL 50.000 como depósito. Depois de ter discutido com o seu Consultor Financeiro no Brasil e avaliou os diversos riscos e benefícios relacionados com sua situação, você decide aceitar sua oferta.

Nota: Novamente, isto não deve ser tomado como um aconselhamento financeiro. Favor consultar um conselheiro financeiro registrado antes de investir empresa (ou especular) nos mercados do exterior, ou mercados locais para esse assunto.

Uma palavra de advertência pode ser de interesse aqui, tomar um empréstimo no exterior para uma taxa de juros muito baixa pode parecer um negócio muito bom. Tenha em mente que a taxa de câmbio pode mudar e pode mudar drasticamente. Se você pegar um empréstimo em sua moeda local, você só tem que se preocupar com a taxa de juros.

Você encontrou uma casa pequena agradável em uma pequena cidade costeira perto de Auckland, que seria uma casa de verão perfeito, e você decide usar o dinheiro do Japão para este fim.

Nós precisamos das seguintes contas para este exemplo:

Passivo:Empréstimos:Empréstimo no Japão    (JPY)

Despesas:Juros:Empréstimo no Japão        (JPY)

Despesas:Taxas de Adm Financimento:Empréstimo no Japão    (JPY)

Ativos:Ativos Atuais:Banco no Japão    (JPY)

Ativos:Ativos Imobilizados:Casa NZ    (NZD)

Tabela 1: Transação dividida que representa a compra da casa na NZ

Conta Crédito Débito
Ativos:Ativos Imobilizados:Casa NZ 300.000 (NZD)
Ativos:Ativos Atuais:Conta Poupança 50.000 (BRL) (1.18926)
Passivo:Empréstimos:Empréstimo no Japão 28000000 (JPY) (0.0137609)
Despesas:Taxas de Adm Financimento:Empréstimo no Japão 300000 (JPY) (0.0137609)

Aqui terminamos a explicação dos conceitos de uso e controle de várias moedas com o GNUCASH.

Até a próxima.

GNUCASH – Múltiplas Moedas (4 de 5)

Como registrar investimento em moedas

Investimento em moedas é quando você decide investir em moedas de diferentes países e espera que as moedas deles subam em valores relativos às moedas do país de origem.

Quando se lança estas transações no GNUCASH é necessário decidir qual o nível de detalhes se deseja ter. Vamos considerar neste artigo, que vamos trabalhar com investimentos em dólares americanos.

Se você não está interessado em muitos detalhes uma estrutura muito simples seria necessária. Alguma coisa como isto:

Ativos:Investimentos:Moedas:Banco (BRL)

Ativos:Investimentos:Moedas:USD (USD)

Mas, se você quer ser capaz de controlar os ganhos ou perdas de capital e também as variações das taxas você precisa uma camada um pouco mais complexa. Algo em parecido a:

Ativos:Investimentos:Moedas:Banco (BRL)

Ativos:Investimentos:Moedas:Casa de Câmbio:USD (USD)

Despesas:Investimentos:Moeda:Casa de Câmbio:USD (USD)

Receitas:Investimentos:Casa de Câmbio:Ganhos de Capital:USD (USD)

Sendo XXX a moeda que se está investindo.

Comprando um investimento em moedas

Uma ordem de compra típica pode ser algo como isto, do ponto de vista a partir da conta Ativos:Investimentos:Moedas:Banco, conforme mostra a figura a seguir e especificado na tabela posterior.

Conta Depósito (Débito) Retirada (Crédito)
Ativos:Investimentos:Moedas:Banco Montante investido
Despesas:Investimentos:Moeda:Casa de Câmbio:USD Tarifação sobre operação de câmbio
Ativos:Investimentos:Moedas:USD Montante investido – Tarifação sobre operação de câmbio*

* representa a equação de diferença entre o montante investido e a tarifação que a casa de câmbio cobra sobre uma operação de câmbio

O total em reais que será investido é $5000 (BRL). Este valor foi originado da conta de ativos atuais. A taxa de câmbio para operações com dólar em relação ao real é de 0,5, isto é, para cada (USD) 1 serão considerados (BRL) 2. O plano de contas se parecerá com a imagem a seguir:

Janela que mostra o plano de contas contendo as contas usadas para a aquisição de moeda estrangeira.

A transação para compra dos dólares deverá ser dividida, pois incide em dias outras contas, conforme mostrado a seguir:

Janela de transações da conta Ativos:Investimentos:Moeda:USD

Venda de um investimento em moeda

O lançamento de uma venda de moedas é realizado da mesma maneira que a compra exceto que você estará transferindo dinheiro da conta de moedas para uma conta de investimentos ou poupança.

Esta transação deve ser propriamente registrada utilizando uma transação dividida. Na transação dividida é necessário contabilizar o lucro ou prejuízo a partir de uma conta Receita:Ganhos de Capitais (ou Despesas:Perdas de Capitais). Para equilibrar esta receita você precisará lançar o ativo de moeda duas vezes na transação. Uma vez registrada a venda usando o montante e a taxa de câmbio adequada você terá equilíbrio.

Resumindo, uma transação de venda de Moeda deve parecer algo como a seguir, visto novamente a partir da conta Ativos:Investimentos:Moedas:Banco.

Conta Depósito (Débito) Retirada (Crédito)
Ativos:Investimentos:Moeda:Banco Diferença do Montante vendido e a tarifação sobre o câmbio
Despesas:Investimentos:Moeda:Casa de Câmbio:USD Tarifação sobre operação de câmbio
Ativos:Investimentos:Moeda:USD Montante vendido
Receitas:Investimentos:Casa de Câmbio:Ganhos de Capital:USD [PREJUIZOS] LUCROS
Ativos:Investimentos:Moeda:USD LUCRO [PREJUIZO]